5 exames essenciais para a saúde do homem

A partir dos 30 anos existem exames essenciais para a saúde do homem. Estar em dia com o seu check-up é a melhor maneira de evitar problemas graves. Uma doença quando diagnosticada no início pode ser tratada com muito mais facilidade.

Então, para permanecer saúdavel e preservar sua qualidade de vida, esteja atento aos 5 exames fundamentais para você manter seu bem-estar. Confira!

5 exames essenciais para a saúde do homem

 

Confira a lista de testes que devem ser realizados com frequência após os 30 anos. Cuidar da sua saúde é a melhor prova de amor que você pode dar para sua família. Então, visite seu médico e solicite as avaliações de rotina.

Homens a partir dos 30 anos

1. Exame de HIV

Ele deve ser feito de 2 em 2 anos para detectar a presença do Vírus da Imunodeficiência Humana. Em caso positivo, é importante repetir o teste para haver a confirmação.

2. Exame de glicose

Deve ser realizado a cada ano. O teste de glicose ajuda a identificar níveis desregulados antes que eles se agravem. Além da avaliação, é importante ter uma alimentação rica em legumes, frutas e fibras, o que reduz  em 60% as chances de desenvolvimento de diabetes

3. Exames de Triglicerídeos e Colesterol

Devem ser feitos anualmente. Esses testes fornecem o quadro geral da saúde do homem. Um nível alto de colesterol pode causar problemas cardíacos e até mesmo AVC. Em casos de histórico familiar ou má alimentação, é ainda mais importante respeitar a frequência dos exames.

Homens a partir dos 40 anos

4. Exame de pressão arterial

Esse exame deve ser realizado 1 vez por ano. Quando indicar uma leitura abaixo ou igual a 120/80 mmHg está normal. Porém, quando marcar acima de 140/90 mmHg é preciso ter mais atenção. Quando os índices estão sempre altos, indica um caso de hipertensão arterial. Esse problema pode evoluir para casos sérios, como: ataque cardíaco, insuficiência renal, AVC e arteriosclerose.

 

Homens a partir dos 50 anos

5. Colonoscopia

Deve ser feito uma vez a cada 5 ou 10 anos e quando solicitado pelo médico. Esse exame permite que o especialista em saúde possa analisar o revestimento interno do intestino grosso, além de parte do intestino delgado. Logo, ele avalia o reto, o íleo terminal e o cólon. Esse teste indica se há presença de tumores, úlceras, inflamações e demais alterações no órgão. A colonoscopia é um dos métodos mais utilizados para o rastreio do câncer de cólon ou reto.

Além desses 5 exames essenciais para a saúde do homem, há outras avaliações médicas que também são importantes como: exame ocular, teste de audição, IMC (índice de Massa Corpórea) e exame dental.

Na dúvida, visite o clínico geral e solicite o check-up anual de acordo com a sua idade. Estar com essas análises em dia é fundamental para permanecer com mais qualidade de vida, tanto para a sua tranquilidade, quanto para a da sua família. Lembre-se que qualquer problema com a sua saúde, seus filhos e familiares serão os primeiros a sofrer.

Achou o artigo importante? Então, não deixe de compartilhar com um amigo. Assim, vocês dois podem ficar com os exames de rotina atualizados.

Como a meditação pode evitar crises de ansiedade?

De acordo com o estudo publicado na JAMA Internal Medicine, a meditação pode evitar crises de ansiedade, depressão e até mesmo dores para algumas pessoas. Os pesquisadores da Johns Hopkins University (EUA) analisaram 3515 participantes.

 

Segundo os estudiosos, houve uma melhora de 5 a 10% nos sintomas causados pela ansiedade. A comparação foi feita em relação aos grupos placebos. A pesquisa mostrou ainda que a meditação apresenta um impacto moderado para as pessoas ansiosas.

 

A prática feita na avaliação teve a duração de 30 a 40 minutos diariamente. Entenda mais sobre os efeitos da meditação para prevenir as crises de ansiedade.

Como a meditação pode evitar crises de ansiedade?

 

A ansiedade é gerada por uma grande preocupação com eventos futuros. O indivíduo ansioso sente o coração acelerado, a boca seca, tremores e outros sintomas físicos quando as crises surgem.

Porém, grande parte das pessoas passa por momentos de ansiedade, sem sofrer com todos os sintomas. Nos dois casos, a meditação pode ser uma grande aliada para superar esse período.

O objetivo das práticas meditativas é atrair a atenção para o momento presente. Isso pode ser feito de várias formas. Em geral, a técnica mais conhecida é a meditação em silêncio com foco na respiração, porém este não é o único tipo que existe.

Para evitar crises de ansiedade o praticante pode ouvir meditações guiadas, recitar mantras, fazer práticas de visualização, manter afirmações positivas e até mesmo observar atentamente o ambiente ao redor.

Sendo assim, a pessoa ansiosa consegue tirar o foco do problema que a aflige e voltar sua atenção para algo mais ameno. Por isso a meditação consegue acalmar a mente e induzir a um estado de relaxamento, oposto ao período das crises ansiosas.

Quais são os benefícios da meditação?

 

Ao separar 20 minutos diariamente para estar completamente presente é possível obter muitos benefícios. A meditação ajuda a reduzir o estresse, moldando a forma de pensar para que o praticante aja com mais calma durante as decisões importantes.

Separar um momento do dia apenas para manter o foco em si mesmo é um ato de autocuidado. Na vida urbana é comum ter muitas fases de nervosismo e pressão diárias. Isso acaba agravando o problema das crises de ansiedade. Dessa forma, é mais que necessário reservar um instante para desacelerar e relaxar.

Além dessas vantagens, a meditação pode ainda:

  • Ajudar no controle das emoções;
  • Melhorar a compreensão dos próprios sentimentos;
  • Auxiliar na plasticidade neuronal;
  • Aumentar a capacidade de foco;
  • Prevenir problemas cognitivos, como o Alzheimer;
  • Melhorar casos de hiperatividade.

 

Como você viu, a meditação pode evitar crises de ansiedade e ajudar a ter mais qualidade de vida. Ainda que ache 20 minutos um período muito longo, não tem problema. É possível começar a meditar por apenas 1 minuto.

Com a prática diária, você pode aumentar gradativamente a sua capacidade de manter o momento meditativo. Mais importante do que a duração é ter uma rotina constante para ver os benefícios da meditação.

Para potencializar o tratamento das crises de ansiedade, uma boa dica é utilizar um suplemento natural contra o estresse. Ele ajuda a regular o humor e traz a sensação de bem-estar para os seus dias. Além disso, diferentemente dos medicamentos farmacêuticos, o suplemento não tem efeitos adversos e não prejudica o organismo. Faça o teste!

Atividades físicas melhoram a depressão?

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), existem cerca de 300 milhões de pessoas depressivas no mundo. Não há um perfil exclusivo, o transtorno afeta indivíduos de todas as idades e diversos estilos de vida. Porém, será que não há uma solução natural para o problema? Veja hoje se as atividades físicas melhoram a depressão.

As crises depressivas são a principal causa de incapacitação em todo o planeta. Entretanto, esse distúrbio tem prevenção e pode ser administrado com o tratamento correto.

Veja como a depressão atinge o organismo, afetando tanto a mente quanto o corpo. Entenda também a relação entre exercícios e o controle desse transtorno psicológico.

Como a depressão começa?

 

A depressão pode começar por eventos traumáticos ou devido à sensação de descontentamento profundo com a própria vida. Porém, não há apenas uma razão que causa essa doença.

As crises depressivas são distúrbios mentais gerados a partir de um conflito interno em conjunto com alterações bioquímicas. Assim, a depressão pode ser desencadeada por fatores psíquicos, sociais e orgânicos.

Diferentemente da crença popular, uma pessoa com depressão não pode escolher ficar mais feliz. Esse problema é uma enfermidade que causa alterações na química orgânicas.

Ou seja, a depressão desregula a produção de hormônios essenciais para o bem-estar e disposição de uma pessoa. Logo, é nesse aspecto que as atividades físicas atuam para combater a depressão.

As atividades físicas melhoram a depressão?

 

Os exercícios físicos ajudam na liberação de hormônios relacionados ao sentimento de prazer e contentamento, como a endorfina, a dopamina e a serotonina. A última pode ser estimulada com atividades físicas e também com a reposição de triptofano, oferecida por alimentos e por suplementos naturais.  

A endorfina é responsável pelo sentimento de alegria, que é perdido durante o período depressivo. Além disso, a substância ainda relaxa organismo e age como analgésico natural, aliviando as dores.

Já a dopamina ajuda a regular o humor, fazendo com que haja uma sensação de tranquilidade e paz. Por sua vez, a serotonina também auxilia a gerar mais bem-estar para o paciente. Devido à liberação dessas 3 substâncias, muitas pessoas são verdadeiramente fãs das atividades físicas.

As atividades físicas melhoram a depressão?

 

Como ocorre uma regulação hormonal das substâncias fundamentais para o sentimento de prazer e há um incentivo para o contato social, é possível dizer que as atividades físicas melhoram a depressão. Além disso, fazer exercícios frequentes também é uma forma para prevenir o aparecimento do distúrbio.

Ao saber as vantagens das práticas físicas para a saúde, é muito mais fácil se sentir disposto para começar. A melhor parte é que os benefícios não estão ligados a apenas um tipo de atividade física.

Sendo assim, você pode escolher aquela que mais agradar, como: dança, jump, yoga, pilates, esportes, musculação, corrida, caminhada e muitas outras. O mais importante é colocar o corpo em movimento e praticar algo que você realmente goste e tenha motivação para fazer constantemente.

Gostou do artigo? Então, não deixe de começar sua atividade física. Além disso, para ter resultados muito mais eficazes, alie os exercícios com o suplemento natural contra a depressão. Você notará a diferença!

Exercícios físicos combatem a insônia?

Na busca pelo fim das noites em claro, os insones buscam diversas soluções. As opções vão de hormônios a medicamentos controlados. Porém, será que não existe uma solução natural contra a falta de sono? Descubra hoje se exercícios físicos combatem a insônia.

É comum falar sobre os benefícios das atividades físicas, mas será que elas também ajudam a regular o sono? Entenda melhor sobre isso e veja por que praticar exercícios pode ser muito benéfico para você.

Diversas tentativas sem sucesso para combater a falta de sono

Cerca de 40% da população brasileira sofre com insônia. Isso é muito prejudicial porque uma noite em claro afeta todas as áreas da vida de uma pessoa. Ao estar cansada, é comum que ela fique mais desatenta, correndo o risco de acidentes e seja menos produtiva em suas tarefas diárias.

Todos precisam de um sono reparador e constante, assim é possível ter dias mais tranquilos e com disposição. A falta de sono ainda gera outros problemas graves como o estresse, a ansiedade e leva, até mesmo, à depressão.

Quem sofre com insônia costuma testar vários métodos farmacêuticos ou fitoterápicos. Eles não medem esforços na tentativa de recuperar uma boa noite de sono. Porém, muitas vezes o resultado não é o esperado, o que gera mais frustração.

Nessa busca por um remédio natural contra a insônia que realmente funciona, há soluções simples que passam despercebidas. Uma delas é a prática de atividades físicas. Sim! Superar a falta de sono pode ser algo mais fácil do que você imagina, entenda por quê.

A solução para combater a insônia pode ser simples

 

Uma pesquisa realizada pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) avaliou a relação entre a prática regular de atividades físicas com o combate à insônia. No estudo foram analisadas 3 modalidades de exercícios: caminhada moderada em esteira, caminhada intensa em esteira e musculação.

 

Os 36 voluntários que participaram sofriam com insônia crônica primária por quase 10 anos. Entre os participantes estavam homens e mulheres. O resultado da pesquisa foi surpreendente.

 

Os pesquisadores concluíram que os exercícios físicos, em diferentes intensidades, aumentaram 37% o tempo de sono noturno dos avaliados. Além disso, em 7% dos casos houve uma redução na ansiedade e 54% notou uma diminuição do tempo para chegar ao sono profundo.

 

Logo, de acordo com dados científicos, os exercícios físicos combatem a insônia. Essa afirmação pode fazer a diferença para muitas pessoas que sofrem com esse problema há muito tempo.

Relação dos exercícios físicos com o combate à insônia

 

A explicação para o resultado da pesquisa tem como base fatores diversos. Entre eles estão:

  • A melhora na eficiência endócrina (hormonal) que ajuda para atingir o sono mais rápido;
  • Contração e relaxamento muscular mais desenvolvidos, cooperando diretamente em um estado apropriado para adormecer;
  • A fadiga ocasionada pelo exercício físico auxilia para que o corpo possa atingir a sonolência com mais facilidade.

Agora que você sabe que exercícios físicos combatem a insônia, utilize essa tática a seu favor. Assim, será muito mais fácil ter noites tranquilas e com mais qualidade no ciclo do sono.

Uma alternativa complementar a prática de exercícios físicos é utilizar um suplemento natural contra a insônia. Ele não prejudica o organismo e nem traz efeitos colaterais, como os vistos em muitos medicamentos. Experimente e tenha uma ótima noite.

Por que realizar a dedetização é fundamental para a saúde?

Sabia que é muito importante realizar o controle de pragas e vetores em sua casa ou empresa? Para evitar os diversos problemas que os visitantes indesejados podem trazer, o melhor é prevenir ou tomar as medidas para eliminar esses intrusos. Entenda agora por que realizar a dedetização é fundamental para a saúde.

Além do pânico causado por ratos, baratas ou escorpiões, eles podem vir acompanhados de doenças graves. Fique atento e descubra a importância de manter o seu patrimônio livre desses invasores.

Onde as pragas e vetores são encontrados?

Em geral, é possível encontrar as pragas e vetores em locais com acúmulo de objetos, resíduo de lixo, alimentos expostos, lugares úmidos e com poeira. Eles se propagam com mais intensidade durante o verão. Nessa época os ratos, baratas, cupins, formigas, moscas, entre outros, começam a ser vistos.

Isso ocorre porque os intrusos invadem as áreas urbanas para encontrar abrigo e alimentos. Sendo assim, deixar um ambiente com restos de comida e cantos que não são limpos acaba formando o cenário ideal para as pragas.

Quais as doenças causadas pelas pragas e vetores?

Muitas complicações graves são causadas pela infestação de insetos ou animais perigosos. Alguns exemplos de doenças são a Leptospirose, transmitida pelos ratos e a Conjuntivite, vindo surpreendentemente com as baratas.

Além dessas enfermidades, ainda existe os males vindos do mosquito Aedes Aegypti, que são os quadros conhecidos e temidos de Chikungunya, Zika, Dengue, e Febre amarela. Há diversos quadros que são transmitidas pelas pragas e vetores. Sendo assim, o ideal é fazer a prevenção de intrusos domésticos.

Por que realizar a dedetização é fundamental para a saúde?

Como foi visto, a presença desses invasores é a fonte de diversos problemas de saúde. Por isso, o primeiro motivo para realizar uma dedetização é manter bem-estar de todos os moradores de uma residência ou colaboradores de uma empresa.

Outra razão para controlar as pragas e vetores é ter um ambiente higienizado e livre de danos aos objetos e maquinários. A presença dos intrusos causa a sensação de estar em um local sem limpeza e descuidado. Com certeza, essa não é a impressão desejada em uma casa e muito menos em um comércio ou indústria.

Como contratar um serviço de dedetização?

Esse  processo deve ser feito por uma empresa especializada em dedetização. Isso é essencial, porque durante o procedimento são utilizados produtos que não devem entrar em contato com as vias respiratórias ou com a boca.

Para achar a melhor prestadora de serviços, confira as seguintes características:

  • Tempo de atuação;
  • Reclamações no site;
  • Indicação de conhecidos;
  • Disponibilidade para atendimento;
  • Comunicação fácil e rápida;
  • Avaliações positivas;
  • Formas de pagamentos;
  • Orçamento gratuito.

Para tirar suas dúvidas, entre em contato com a empresa escolhida e confira cada um dos pontos citados. Ao saber por que realizar a dedetização é fundamental, é possível ter mais saúde e proporcionar um ambiente confortável e seguro para todos.

Você realiza a dedetização regular da sua casa ou empresa? Conte nos comentários qual a sua experiência com empresas de dedetização e o controle das pragas urbanas.